Filhote de jacaré-tinga é resgatado em casa de São Sebastião

A moradora percebeu a presença do jacaré após os cachorros começarem a latir. Policiais do Batalhão Ambiental da PM resgataram o bicho e soltaram na natureza, em segurança

        Uma moradora de São Sebastião recebeu uma visita inusitada este fim de semana. Quando a cachorrada começou a latir, ela saiu para verificar o motivo do alvoroço e deu de cara com um filhote de jacaré no quintal de casa, numa chácara do setor de chácaras Zumbi dos Palmares.

A mulher, que teve o nome preservado, pediu socorro aos policiais do Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal (BPMA/DF). De acordo com a corporação, trata-se de um filhote de jacaré-tinga. Após ser resgatado, o bicho foi devolvido à natureza em segurança.

Você sabia?

O macho pode chegar a 2,5 metros e a fêmea, a 2 metros. Os filhotes nascem com cor amarelada e manchas pretas sobre o corpo e cauda, com o amadurecer do animal, sua cor chega ao verde oliva.
Habitat: Habitam riachos, pântanos, rios lodosos, lagoas, estuários, canais e lagos, geralmente são abundantes em lugares onde há muita vegetação.

Alimentação: Mamíferos, peixes, aves, répteis, anfíbios, insetos, moluscos.

Reprodução: Ovíparo (até 40 filhotes).

Expectativa de Vida em Cativeiro: Aproximadamente 50 anos.

Status de Conservação (MMA): Não Ameaçado (LC). Curiosidades: O acasalamento ocorre na estação chuvosa. A fêmea faz o ninho aglomerando pequenas quantidades de vegetações secas, como gravetos, por exemplo, e terra e põe ali de quatorze a quarenta ovos que demoram, em média, sessenta dias para eclodir.
Fonte: Fundação Jardim Zoológico de Brasília